PUB
PUB
divisão silábica e translineação [Translineação / Fonética e Fonologia]

Como é que devemos fazer a divisão silábica de palavras como: carro, pássaro...(sem ser para translineação)?
Olívia Santos (Portugal)

A sílaba é um conceito fonético, fonológico ou prosódico bastante intuitivo para os falantes de uma língua e a divisão silábica é feita deste ponto de vista e não do ponto de vista ortográfico. Assim, as palavras carro e pássaro dividem-se [ká-Ru] e [pá-sA-ru] (a transcrição anterior não é ortográfica, pois não se trata de um fenómeno da escrita).

A divisão silábica é, no entanto, muito útil às convenções ortográficas em que se baseia a nossa ortografia, pois auxilia nas divisões necessárias à translineação (mudança de linha ao escrever, escrevendo parte da palavra na linha de cima e outra parte na linha de baixo). Por este motivo se faz muitas vezes a divisão silábica para translineação, que tem por base a divisão silábica, mas, ao contrário desta, é muito pouco intuitiva, pois é convencionada pelos textos legais que regulam a ortografia (o Acordo Ortográfico de 1990 ou, antes da aplicação da nova ortografia, o Acordo Ortográfico de 1945, para o português europeu e o Formulário Ortográfico de 1943, para o português do Brasil) e pelas obras de referência, com regras muito específicas e rígidas.

As divergências são muitas, devido aos símbolos ortográficos utilizados para representar os sons ou a outros constrangimentos relativos à representação gráfica. Um exemplo paradigmático é justamente o caso das consoantes duplas, que representam geralmente um único som com dois símbolos ortográficos e deverão ficar separados na translineação (ex.: car-ro; pás-sa-ro), por motivos exteriores à divisão silábica, que resultam essencialmente das convenções ortográficas em vigor.

Ver também: rr e ss na divisão silábica para translineação, divisão silábica de ritmo, ablução, aguarda e muito

Helena Figueira, 9-Fev-2005

Notas:

  1. As respostas são datadas e escritas segundo a ortografia da norma europeia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990.
  2. A base do dicionário foi alterada a 1 de Abril de 2009, pelo que as referências em dúvidas anteriores a esta data podem não corresponder ao conteúdo actual. As respostas sobre questões ortográficas são maioritariamente baseadas na norma ortográfica portuguesa de 1945, contendo as respostas mais recentes indicações sobre a ortografia antes e depois do Acordo Ortográfico de 1990.
  3. A bibliografia utilizada está disponível aqui.