PUB
PUB
meta- [Morfologia / Hífen / Definição]

Varias vezes tenho lido a palavra meta em diferentes contextos sem nunca saber o verdadeiro significado desta palavra. Neste momento estou a estudar um texto onde dois cabeçalhos são definidos como Perspectiva meta-histórica e Perspectiva meta-narrativa. Gostava que me pudesse esclarecer sobre o significado e o uso da palavra meta.
Daniela Paes Leão (Holanda)

A palavra meta pode corresponder a um substantivo feminino (com a pronúncia [3] como a da letra e de pé) ou a uma forma do verbo meter (com a pronúncia [e] como a da letra e de vê). Além disso, na formação de palavras (e nunca isoladamente), meta- pode corresponder também a um prefixo usado para indicar “posição posterior” (ex.: metacarpo), “mudança” (ex.: metafonia), “transcendência” (ex.: metafísica) ou “reflexão sobre si” (ex.: metalinguagem).
Nos exemplos apontados parece tratar-se de uma destas últimas noções (“transcendência” ou “reflexão sobre si”), podendo corresponder a “perspectiva que transcende a história/a narrativa” ou “perspectiva que reflecte sobre a história/a narrativa”.

A dúvida colocada não questionava este assunto, mas há, no entanto, um problema adicional relativo ao hífen na ortografia destas palavras. O uso do hífen deve seguir o disposto no texto legal em vigor para a ortografia portuguesa de norma europeia, o Acordo Ortográfico de 1945, especialmente nas bases XXVIII a XXXII.
Não há, nesse acordo, qualquer referência ao prefixo meta-, pelo que, por omissão de especificação, não deverá usar-se hífen com este prefixo. Rebelo Gonçalves, no seu Tratado de Ortografia, inclui o prefixo meta- entre os que "não serão, em caso algum, seguidos de hífen", referindo que, nestes casos, o prefixo unir-se-á ao elemento que se segue, havendo, quando necessário, adaptações para respeitar as regras da ortografia, como a supressão do -h- (ex.: meta- + histórico =metaistórico) ou a duplicação do r e do s (ex.: meta- + reflexão =metarreflexão; meta- + sedimento = metassedimento). Por este motivo, a ortografia correcta deverá ser perspectiva metaistórica e perspectiva metanarrativa. Em alguns casos, mais raros, pode haver supressão da última vogal do prefixo (ex.: met(a)- + (h)emoglobina =metemoglobina).

Segundo o Acordo Ortográfico de 1990, Base XVI, o prefixo meta- deverá ser seguido de hífen apenas se a palavra seguinte começar pela mesma vogal em que termina, isto é, por a ou por h.

Bibliografia: Rebelo GONÇALVES, Tratado de Ortografia da Língua Portuguesa, Coimbra: Atlântida, 1947, pp. 252-253, em especial nota (8).

Ver também: hífen e elementos de formação, hífen com o prefixo re-, metainformação e meta- antes e depois do Acordo Ortográfico

Helena Figueira, 17/08/2006

Notas:

  1. As respostas são datadas e escritas segundo a ortografia da norma europeia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990.
  2. A base do dicionário foi alterada a 1 de Abril de 2009, pelo que as referências em dúvidas anteriores a esta data podem não corresponder ao conteúdo actual. As respostas sobre questões ortográficas são maioritariamente baseadas na norma ortográfica portuguesa de 1945, contendo as respostas mais recentes indicações sobre a ortografia antes e depois do Acordo Ortográfico de 1990.
  3. A bibliografia utilizada está disponível aqui.