PUB
PUB
género de síndrome [Ortografia / Morfologia]

Continuo, apesar de tudo, com dúvidas quanto a a(o) síndrome(a) ou o(a) sindroma. O novo acordo esclarece a situação? P.ex., como se deve escrever "o síndrome plurimetabólico" ou "a síndrome plurimetabólica" ou, ainda, "o sindroma plurimetabólico"?
Eurico Dias Gomes (Portugal)

Apesar de as grafias não acentuadas sindrome e sindroma serem bastante correntes, as formas consideradas correctas (e registadas em todos os dicionários e vocabulários de língua portuguesa consultados) têm acento gráfico e são femininas: síndrome ou síndroma (ex.: procurou informar-se sobre a síndroma da menopausa; começava a sentir a síndrome de abstinência).

Como pode verificar seguindo as hiperligações para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, as palavras síndrome e síndroma derivam do substantivo feminino grego sundromê, que significa "reunião". A ocorrência de usos no masculino (ex.: as gémeas padecem do mesmo síndrome), que os gramáticos em geral condenam (ver, por exemplo o Vocabulário da Língua Portuguesa, de Rebelo Gonçalves (Coimbra: Coimbra Editora, 1966), que indica ser "inexacta a acentuação sindroma (ô) e também o gén. masc."), deve-se provavelmente à influência do equivalente masculino francês syndrome.

Assim, das formas que refere, aquelas que estão correctas são a síndrome plurimetabólica e a síndroma plurimetabólica. Pelos motivos acima apontados, deverá evitar as formas sindroma e sindrome, assim como o uso de síndroma e síndrome como palavras masculinas. Deve referir-se ainda que o Acordo Ortográfico de 1990 não altera a grafia de nenhuma destas palavras.

Cláudia Pinto, 23/03/2011

Notas:

  1. As respostas são datadas e escritas segundo a ortografia da norma europeia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990.
  2. A base do dicionário foi alterada a 1 de Abril de 2009, pelo que as referências em dúvidas anteriores a esta data podem não corresponder ao conteúdo actual. As respostas sobre questões ortográficas são maioritariamente baseadas na norma ortográfica portuguesa de 1945, contendo as respostas mais recentes indicações sobre a ortografia antes e depois do Acordo Ortográfico de 1990.
  3. A bibliografia utilizada está disponível aqui.