PUB
PUB
solarengo com significado de "banhado pelo sol" [Semântica lexical / Lexicografia]

No outro dia escrevemos um pequeno texto: "Imagine um jardim, a casa solarenga, o lago, espaço... tranquilidade, perto de tudo." que pretendia, de forma informal (um pequeno anúncio no Facebook) ser a introdução para uma pequena descrição de uma propriedade que estando orientada a sul, é "banhada" por sol todo o dia. Consultando a vossa página: https://dicionario.priberam.org/solarengo achámos que seria uma palavra, dado o contexto informal, que se adaptava. Houve imensos comentários a falar sobre o significado de Solarengo e que a palavra devia ser "soalheira" pois solarenga classificaria a propriedade como uma casa nobre, apesar que as fotos apresentadas nada se relacionarem com uma casa nobre. De qualquer forma, pesquisámos em outros dicionários e outros locais e gostaria de ter um comentário vosso pois as informações sobre o significado da palavra Solarengo - Soalheiro parecem divergir significativamente.
João S. (Portugal)

A função de um dicionário passa por uma descrição dos usos da língua, devendo basear-se essencialmente em factos linguísticos e não estabelecer juízos de valor relativamente a eles, apresentando-os o mais objectivamente possível. Em relação às definições da palavra solarengo, o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa (DPLP) veicula os significados que ela apresenta na língua, o que inclui o significado de "exposto ao sol" ou "que tem muito sol" (ex.: é um espaço muito solarengo e no Inverno é muito aconchegante). Sobre este assunto, refira-se ainda que o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa (Lisboa: Verbo, 2001), que constitui uma útil e atenta fonte lexicográfica de descrição da língua portuguesa contemporânea com quase 20 anos, também regista este significado de solarengo. Este registo corresponde a um uso efectivo na língua em diversos contextos, que pode ser verificado em diversos corpora e motores de pesquisa, podendo ter abonações sobretudo de texto jornalístico e poucas de texto literário.

Para formar esta palavra é utilizado o sufixo -engo, que produz na língua portuguesa outros adjectivos que estabelecem de alguma forma uma relação, geralmente pejorativa, com a palavra de que derivam, como é o caso de abadengo, invernengo, monstrengo ou mulherengo, que derivam de substantivos (como solarengo1, que deriva de solar1, casa nobre), ou de liberalengo, molengo ou verdoengo, que derivam de adjectivos (como solarengo2, que deriva de solar2, relativo a sol).

Como vimos, a palavra existe na língua com este sentido e está bem formada do ponto de vista morfológico, constituindo solarengo1 e solarengo2 um exemplo de palavras homónimas que a opacidade e a imprevisibilidade da evolução semântica tantas vezes não nos permitem explicar.
No entanto, a problemática não se esgota aqui. O seu uso pode ser polémico, atendendo à maioria das opiniões circulantes que argumentam que se trata de um mau uso ou de um uso erróneo, mas cuja argumentação se limita a uma afirmação peremptória de autoridade. Dada a riqueza da língua, o falante terá sempre a opção de não utilizar determinadas palavras, consoante as suas necessidades, preferências ou preconceitos e, por este motivo, se se pretender um discurso irrepreensível, é conveniente substituir o adjectivo por outro mais consensual, como ensolarado ou soalheiro.

Bibliografia: Margarita CORREIA, "Lexicografia no início do século XXI - novas perspectivas, novos recursos e suas consequências", in JÚNIOR, Manuel Alexandre (coord.), Lexicon dicionário de grego-português : actas / Colóquio Internacional Lexicografia e Semântica Lexical, Lisboa: Centro de Estudos Clássicos - Faculdade de Letras de Lisboa, 2008, pp. 73-85. [disponível em http://www.iltec.pt/pdf/wpapers/2008-mcorreia-lexicon.pdf; consultado em 2020-01-28]

Ver também: despoletar

Helena Figueira, 28/01/2020

Notas:

  1. As respostas são datadas e escritas segundo a ortografia da norma europeia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990.
  2. A base do dicionário foi alterada a 1 de Abril de 2009, pelo que as referências em dúvidas anteriores a esta data podem não corresponder ao conteúdo actual. As respostas sobre questões ortográficas são maioritariamente baseadas na norma ortográfica portuguesa de 1945, contendo as respostas mais recentes indicações sobre a ortografia antes e depois do Acordo Ortográfico de 1990.
  3. A bibliografia utilizada está disponível aqui.