PUB
PUB
pronúncia de tenhamos [Fonética e Fonologia / Flexão verbal]

O verbo ter, na 1ª pessoa do plural do presente do conjuntivo e no imperativo, pronuncia-se tenh[â]mos ou tenh[á]mos?
Eloi Vilas Boas (Portugal)

Em português europeu, o a tónico é usualmente aberto (correspondendo ao som á) na esmagadora maioria dos contextos (ex.: casa, gramática, pá, tocar). Esta regra encontra excepção em algumas palavras gramaticais (ex.: da, para) e antes de consoantes nasais (ex.: banho, cama, cânone, sanas). É neste último contexto que se insere a forma da primeira pessoa do plural do presente do conjuntivo e do imperativo do verbo ter e de outros verbos da segunda (ex.: comamos) e da terceira (ex.: partamos) conjugações, pelo que a pronúncia correcta será tenh[â]mos.

Em relação ao que foi dito anteriormente, é necessário referir que no sistema verbal do português europeu, quando há um acento gráfico agudo, nomeadamente na primeira pessoa do plural do pretérito perfeito do indicativo dos verbos da primeira conjugação (ex.: gostámos), o a deve ser pronunciado como á (o que só acontece em alguns dialectos, e especialmente no que é considerado a norma culta), pois esta acentuação gráfica destina-se a fazer a distinção do pretérito perfeito (ex.: gostámos muito do jantar de ontem) em relação ao presente do indicativo (ex.: Agora gostamos deste restaurante, mas no início não gostávamos).

Helena Figueira, 02/02/2005

Notas:

  1. As respostas são datadas e escritas segundo a ortografia da norma europeia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990.
  2. A base do dicionário foi alterada a 1 de Abril de 2009, pelo que as referências em dúvidas anteriores a esta data podem não corresponder ao conteúdo actual. As respostas sobre questões ortográficas são maioritariamente baseadas na norma ortográfica portuguesa de 1945, contendo as respostas mais recentes indicações sobre a ortografia antes e depois do Acordo Ortográfico de 1990.
  3. A bibliografia utilizada está disponível aqui.