PUB
PUB

Gramática - Pronomes

As palavras que substituem os nomes, isto é, que simplesmente indicam as pessoas, as coisas ou os animais, e que, por isso, fazem as vezes dos nomes substantivos ou adjectivos, chamam-se pronomes.

PRONOMES PESSOAIS

As palavras eu, tu, ele, nós, vós, eles e elas substituem nomes de pessoas e por isso chamam-se pronomes pessoais. No português distinguem-se três pessoas: a primeira é a que fala: eu escrevo; a segunda, a pessoa a quem se fala: tu escreves; a terceira, a pessoa de quem se fala: ele e ela escrevem. Como a forma em que um pronome designa uma só pessoa se chama forma do singular, e a forma em que o pronome designa mais de uma pessoa se chama forma do plural, dizemos que as três pessoas gramaticais são do singular e do plural. Assim:

SINGULAR
PLURAL
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
1.ª pessoa: eu.
2.ª pessoa: tu.
3.ª pessoa: ele ou ela.
1.ª pessoa: nós.
2.ª pessoa: vós.
3.ª pessoa: eles ou elas.

As formas dos pronomes pessoais são as seguintes:

1.ª pessoa
2.ª pessoa
3.ª pessoa
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
singular - eu, me, mim, migo
plural - nós, nos, nosco
singular - tu, te, ti, tigo
plural - vós, vos, vosco
singular - ele ou ela: o, a, lo, la, lhe
plural - ele ou ela: os, as, los, las, lhes

Se, si e sigo são também formas do pronome da 3.ª pessoa do singular ou do plural:

João banha-se no rio.

O dinheiro que o rapaz ganha é para si.

João pensou lá consigo que eram horas de dormir.

Estas formas, se, si e sigo chamam-se pronomes pessoais reflexos quando indicam que a acção recai sobre quem a pratica. Os pronomes me, te, nos e vos também são chamados reflexos, quando a acção recai sobre quem a pratica:

Eu sento-me nesta cadeira.

Levanta-te, menino.

Preparemo-nos para sair.

Arranjai-vos depressa.

 

PRONOMES POSSESSIVOS

As palavras que indicam que uma pessoa, uma coisa ou um animal pertencem à primeira, à segunda ou à terceira pessoa gramatical chamam-se pronomes possessivos:

Já chegou o meu pai.

Vai buscar o meu livro.

O meu gato é bonito.

O teu irmão saiu.

O teu fato está sujo.

O teu cão ladrou.

Maria escreveu ao seu pai.

Não encontrou o seu anel.

Ela vendeu a sua vaca.

As formas dos pronomes possessivos são as seguintes:

  UM POSSUIDOR VÁRIOS POSSUIDORES
Um objecto possuído Vários objectos possuídos Um objecto possuído Vários objectos possuídos
1.ª pessoa meu
minha
meus
minhas
nosso
nossa
nossos
nossas
2.ª pessoa teu
tua
teus
tuas
vosso
vossa
vossos
vossas
3.ª pessoa seu
sua
seus
suas
seu
sua
seus
suas

Os pronomes possessivos, quando se ligam a substantivos, exercem a função de adjectivos:

O ouro é belo pelo seu brilho.

O meu cão bulhou com o teu.

PRONOMES DEMONSTRATIVOS

As palavras que servem para mostrar ou designar as pessoas, as coisas ou os animais chamam-se pronomes demonstrativos:

Este homem viu esse carneiro tosquiado e aquele que ainda tem a lã.

Isto é uma libélula.

Isso não presta, mas aquilo é bom.

Têm a mesma idade.

Não queira estes pêssegos: escolha os outros.

As formas do pronome demonstrativo são as seguintes:

SINGULAR PLURAL  
Masculino Feminino Masculino Feminino Invariável
este
esse
aquele
mesmo
outro
o
tanto
tal
 
esta
essa
aquela
mesma
outra
a
tanta
tal
 
estes
esses
aqueles
mesmos
outros
os
tantos
tais
 
estas
essas
aquelas
mesmas
outras
as
tantas
tais
 
isto


isso
aquilo
 
 

Há mais alguns pronomes demonstrativos, formados pela combinação dos pronomes este, esse e aquele com o pronome outro: estoutro, essoutro, essoutra, aqueloutro, essoutros, estoutros. Os pronomes demonstrativos, quando se ligam a substantivos, exercem a função de adjectivos:

Este canteiro é mais florido do que aquele.

Esta casa é mais soalheira que essoutra.

PRONOMES RELATIVOS

As palavras que se referem, ou são relativas, a um nome ou pronome mencionado antecedentemente chamam-se pronomes relativos:

O campo que se vê daqui é de meu pai, mas é meu tio quem o cultiva.

O nosso terreno, cujo húmus é muito abundante, produz muito.

O rapaz que te apresentei, e do qual te tenho falado, é um artista.

Tudo quanto tenho nesta gaveta foi comprado por mim.

A palavra a que o pronome relativo se refere chama-se antecedente.

São as seguintes as formas dos pronomes relativos:

VARIÁVEIS
(em género e número)
 
VARIÁVEIS
(em número)
 
VARIÁVEIS
(em número)
 
INVARIÁVEIS
cujo
cuja
cujos
cujas
 
quanto
quanta
quantos
quantas
 
qual
 
quais
 
 
que
 
quem
 
 

PRONOMES INTERROGATIVOS

Os pronomes que servem para interrogar ou perguntar chamam-se, por isso, pronomes interrogativos:

Que bicho é esse?

Quem o agarrou?

Quantos pessegueiros há no teu quintal?

São as seguintes as formas do pronome interrogativo:

VARIÁVEIS INVARIÁVEIS
quanto
quanta
quantos
quantas
qual
quais
 
que
 
quem
 
 

PRONOMES INDEFINIDOS

As palavras que indicam as pessoas, as coisas ou os animais de modo vago e indefinido chamam-se pronomes indefinidos:

Alguém bateu à porta, mas ninguém da casa ouviu, porque todos tinham saído.

um dos vizinhos ouviu, e perguntou se queria entregar alguma coisa.

A pessoa que batera respondeu que ia visitar os donos da casa, mas que não tinha nada para entregar.

O carpinteiro não pode vir fazer o trabalho; falem a outrem, para que venha executá-lo em outro dia.

São as seguintes as formas do pronome indefinido:

SINGULAR PLURAL  
Masculino Feminino Masculino Feminino Invariável
muito
pouco
tanto
todo
um
nenhum
algum
certo
outro
qualquer
 
muita
pouca
tanta
toda
uma
nenhuma
alguma
certa
outra
qualquer
 
muitos
poucos
tantos
todos
uns
nenhuns
alguns
certos
outros
quaisquer
ambos
 
muitas
poucas
tantas
todas
umas
nenhumas
algumas
certas
outras
quaisquer
ambas
 
alguém
cada
tudo
ninguém
 
nada
 
qual
 
outrem
 

Algumas expressões ou locuções têm o valor de pronomes indefinidos, e por isso chamam-se locuções pronominais indefinidas:

Ex.: seja quem for; fosse quem fosse; seja qual for; fosse qual fosse; quem quer que seja; quem quer que fosse; o quer que seja.