PUB
PUB
itálico em estrangeirismos [Estrangeirismos e aportuguesamentos]

Quando se escrevem palavras sem correspondentes em português, como gin (para designar a bebida alcoólica), é necessário utilizar itálico?
Carla Rodrigues Cardoso (Portugal)

De acordo com a Nova Gramática do Português Contemporâneo, de Celso Cunha e Lindley Cintra, as aspas e o itálico (este último quando se trata de texto impresso) deverão ser usados quando se escrevem palavras ou expressões com grafia estranha ao sistema ortográfico português, como é o caso dos estrangeirismos. Esta directriz é também suportada por outras obras, como o Livro de Estilo do Público (texto que estabelece alguns princípios de homogeneização gráfica para o jornal), preconizando que também se utilize o itálico quando se escrevem estrangeirismos.

No caso específico de gin, e apesar de existir o aportuguesamento dicionarizado gim, se optar pela escrita da palavra na sua forma com grafia estrangeira, deverá apresentá-la entre aspas ou em itálico, como acima ficou pressuposto. É ainda de referir que para esta aguardente de cereais é ainda possível utilizar a palavra genebra.

Ver também: neologismos e estrangeirismos, toilette/toilete/toalete, hiperligação, e-mail e on-line, site/sítio

Pedro Mendes, 15/01/2007

Notas:

  1. As respostas são datadas e escritas segundo a ortografia da norma europeia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990.
  2. A base do dicionário foi alterada a 1 de Abril de 2009, pelo que as referências em dúvidas anteriores a esta data podem não corresponder ao conteúdo actual. As respostas sobre questões ortográficas são maioritariamente baseadas na norma ortográfica portuguesa de 1945, contendo as respostas mais recentes indicações sobre a ortografia antes e depois do Acordo Ortográfico de 1990.
  3. A bibliografia utilizada está disponível aqui.